Latam Condenada a Pagar R$ 30 Mil por Morte de Cachorro Durante Voo

A companhia aérea Latam foi condenada pela 18ª Câmara de Direito Privado do TJ-SP a pagar uma indenização de R$ 30 mil pela morte de um cachorro durante um voo em 2021.

Descrição do Caso

O caso ocorreu em 2021, quando o casal Giuliano e Nathalia Conte transportava seu cão, Weiser, da raça American Bully, em um voo entre Guarulhos (SP) e Aracaju (SE). Weiser foi transportado como carga em uma caixa de madeira inadequada para seu porte. O cão roeu a caixa na tentativa de escapar e, após seis horas de confinamento, chegou morto ao destino.

Decisão Judicial

Inicialmente, o casal pediu uma indenização de R$ 50 mil, mas o valor foi reduzido para R$ 10 mil em primeira instância. Insatisfeitos, recorreram e o desembargador Sérgio Gomes fixou a indenização em R$ 30 mil, com R$ 15 mil para cada tutor. Anteriormente, a Latam já havia sido condenada a pagar R$ 2.097,36 por danos materiais.

Resposta da Latam

Em comunicado, a Latam informou que se manifestará nos autos do processo.

Conclusão

Este caso ressalta a importância de condições adequadas para o transporte de animais e o papel da justiça em responsabilizar empresas por negligência.

Chamada para Ação

Compartilhe esta história para aumentar a conscientização sobre os cuidados necessários no transporte de pets. Informe-se sobre os direitos dos tutores e exija um tratamento adequado para os animais durante viagens.

Leia a matéria completa aqui.

Deixe um comentário